Imprensa
Segunda-feira, 13 de Janeiro de 2020, 13h:50

Atletismo

36° edição da Corrida de Reis conta com participação de 170 Policiais Penais

170 Policias Penais de Mato Grosso participaram da 36° edição da Corrida de Reis representando o Sistema Penitenciário. A Corrida de Reis é a maior prova de rua do Centro-Oeste brasileiro e a edição de 2020 foi realizada no domingo (12), com largada na Ponte Nova, passando pela Orla do Porto, Avenida Miguel Sutil e término na Arena Pantanal.

E a Policial Penal, Gislaine Ferreira de Souza foi uma das vinte primeiras mulheres a chegarem à largada final. Gislaine correu na classificação geral, na qual saiu na ultima largada e mesmo assim conseguiu se destacar. Para ela a satisfação é pessoal. “Conquistar um lugar que muitos almejam e poucos conquistam e eu consegui isso é uma satisfação muito grande, ainda mais em saber que no ano que vem eu possa estar na posição de elite”.

Corrida de Reis

 

Como já é tradição na corrida de Reis o Sindspen disponibiliza aos sindicalizados que se dispõe a participar do desafio uma linda camiseta personalizada. Esse ano não foi diferente porém, a camiseta ganhou um destaque a mais, o brasão de Polícia Penal imprimindo na lembrança uma importante conquista para toda a categoria.

O vice-presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários, Gilciney Mendes Gomes participou e concluiu o trajeto e se revelou grato a seus companheiros. “Poder participar da Corrida de Reis é gratificante ainda mais por ter ao lado os nossos colegas, inclusive quero parabenizar a todos que se dispuseram a participar desse movimento que visa saúde e bem estar, além de alegria”.

Corrida de Reis

 

No Sistema Penitenciário de Mato Grosso há um servidor que sempre se destaca nas corridas de rua inclusive na Corrida de Reis, nos últimos anos ele conseguiu ficar entre os 50 primeiros atletas que chegaram. Porém esse ano Gletson Ferreira da Silva teve uma lesão, o que não foi empecilho para ele concluir a corrida. “Houve um momento que eu diminuí muito a velocidade, passei mal de dor e por esse motivo acredito que não tenha conseguido uma boa classificação”.

Aposentado vira tradição

Os servidores do Sistema Penitenciário se encantaram com a desenvoltura e dedicação do aposentado Cedil Pereira, 94 anos, que participa da Corrida de Reis pela 23° edição. Cedil já se tornou tradição nessa corrida e este ano ele foi presenteado pelos Policias Penais com uma camiseta da categoria.

“O senhor Cedil é um exemplo a ser seguido por todos nós”, disse o deputado João Batista que esteve presente no evento.

Corrida de Reis

 

“Nós preparamos tudo com a melhor intenção, teve tenda com frutas, águas e também um instrutor para orientar os nossos atletas, para nós não precisa ter a melhor classificação, o que importa é o esporte, a emoção e a alegria deles participaram de uma corrida como esta”, disse a presidente em substituição do Sindspen, Jacira Maria.

Além dos 170 atletas estiveram presente prestigiando o evento os diretores do Sindspen, Antonio Júlio Rodrigues, Arthur Rodrigues, Josi Muniz, Jorge Moraes e Maria Elena Machado.

Galeria de fotos:

Galeria de Fotos

Anexos:

  • WhatsApp Image 2020-01-12 at 08.56.42 (1).jpeg (Download)
  • WhatsApp Image 2020-01-12 at 09.43.26.jpeg (Download)
  • WhatsApp Image 2020-01-12 at 09.43.42 (1).jpeg (Download)
Comentários









COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.