Sexta-feira, 08 de Novembro de 2019, 14h:01

Coordenadoria de Ensino Penitenciário realiza 2° Curso de Intervenção Rápida

Gizele Carvalho / Sindspen-MT

Grupo de Intervenção Rápida (Gir) composto por agentes penitenciários, Secretaria de Estado e Segurança Pública (Sesp), Secretaria de Administração Penitenciária e Coordenadoria de Ensino Penitenciário realizam o 2° Curso de Intervenção Rápida (Cir) do Sistema Penitenciário e a abertura foi realizada, na manhã desta sexta-feira (08) por meio de uma solenidade, no Comando Geral da Polícia Militar, em Cuiabá.

O curso está capacitando 58 profissionais, sendo 50 agentes penitenciários de Mato Grosso, 4 agentes penitenciários do Estado de Goiás, 2 agentes penitenciários de Tocantins e 2 policiais militares do Batalhão da Rotam de Mato Grosso. Os participantes foram selecionados por meio do Teste de Aptidão Física (Taf).

Assessoria

Curso Cir

 

O treinamemto terá durabilidade de 30 dias, entre esses dias os participantes receberam treinamentos administrativos para alinhamento e preparo, eles também participarão do campo, conhecido também como “parte rustica”, onde será testado o condicionamento físico, liderança, perseverança, versatilidade, controle emocional e disciplina. Depois do campo os alunos retornam para acidade e exercerão a etapa tática e técnica.

O coordenador geral do Gir e agente penitenciário, Agno Ramos contou que toda melhoria e avanço no sistema se deram devido os servidores penitenciários. “Hoje nós estamos em intervenção a maior Penitenciária do Estado, a Penitenciária Central (PCE) e isso só foi capaz porque os servidores buscam se capacitar sempre, da mesma forma que esses alunos estão buscando hoje. E nós devemos nos capacitar cada vez mais”, disse.

O secretário adjunto de administração penitenciária Emanoel Alves Flores aproveitou a oportunidade para agradecer e reforçar que a secretaria tem como foco preservar e valorizar os servidores. “Quero parabenizar todos que estão aqui presente, e deixar claro a nossa valorização aos servidores, pois a gente trabalha em prol do servidor, do sistema penitenciário, no sistema da justiça e do sistema de segurança. Além de buscarmos a paz, a ordem e a justiça”, contou.

Esteve presente durante a cerimônia a superintendente penitenciária da região Oeste, Simone Lira Pietsch ela que também foi formada pelo curso do Gir contou que o servidor que passa por essa capacitação se torna outra pessoa. “Fico feliz de ver a secretaria abraçando um curso que vai aprimorar os conhecimentos desses profissionais e quem vai ter frutos disso é a sociedade, pois saíra daqui um grupo apto para sanar qualquer problema que ocorrer dentro da unidade prisional, sem ter que sair de dentro da unidade e causar algum dano para a sociedade. Esse curso não trabalha apenas a parte física e de conhecimento operacional, mas sim a motivação do servidor, o fazendo entender realente qual a função e a importância dele no sistema penitenciário”, explicou.

Assessoria

Curso Cir

 

A presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários, Jacira Maria esteve presente na solenidade como convidada de honra. Para a presidente momentos como este curso reflete lembranças do sistema penitenciário no passado. “No inicio quem fazia a guarda e as escoltas eram a polícia militar e a partir de 2010 quando nós servidores decidimos que teríamos condições de fazer esses trabalhos, foram poucos que acreditaram, mas foi um desafio que nós conseguimos cumprir. E agora os nossos servidores estão treinando servidores de outras unidades federativas e coirmãs e isso é uma emoção para nós, pois conseguimos almejar aquilo que nós propusemos lá atrás. Para nós é uma grande satisfação, uma emoção sem mensurar”, finalizou.

Participaram como dispositivo de honra também às autoridades: Juiz da 2° vara de Execuções Penais de Cuiabá, Geraldo Fidélis, secretário adjunto de administração penitenciária Emanoel Alves Flores, Coronel Pinheiro representando o Comandante Geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, tenente coronel Luciana representando o comandante geral do Bombeiro Militar, Alessandro Borges Ferreira, comandante do Ciopaer, coronel Juliano Chiroli, secretário geral da comissão de direitos penais Augusto Bouret Orro e o coordenador geral e agente penitenciário Agno Ramos.


Fonte: Sindspen MT

Visite o website: sindspenmt.com.br