Imprensa
Quinta-feira, 23 de Maio de 2019, 09h:44

Apreensão PCE

Trabalho de inteligência interna coíbe entrada de ilícito na PCE

Diretor ressalta que os servidores tem realizado um excelente trabalho e os resultados têm sido positivos na unidade.

Assessoria de Imprensa Sindspen/MT
imprensasindspenmt@gmail.com

Apreensão PCE

14866c53-20be-4437-a2f1-9abac47957e6.jpg

Droga apreendida

São muitas ações positivas que tem ocorrido na maior penitenciária de Mato Grosso, a Penitenciária Central do Estado, mais conhecida como PCE. Somente essa semana, pelo menos duas apreensões já ocorreram  e o diretor, Revétrio Francisco, revela que isso é rotina na unidade, quase todos os dias são realizados procedimentos que resultam em várias apreensões.

As mais recentes aconteceram na manhã de ontem (22), durante a entrada dos visitantes, seis mulheres foram flagradas tentando adentrar a unidade com entorpecente e outros materiais ilícitos e a outra na terça-feira (21), aonde agentes penitenciários apreenderam celulares e outros materiais ilícitos em medicamentos trazidos por familiares de presos.

Apreensão PCE

d12c2de9-c898-4271-9800-0525fe622f6e.jpg

 Umas das detidas na PCE

Conforme Revétrio, das seis mulheres, uma estava com droga, quatro com celular e uma com uma bermuda preta escondida no sutiã. As cincos mulheres  foram encaminhadas para a delegacia e a sexta levou uma punição interna, foi recolhida a carteirinha e vai ficar sem entrar na unidade por seis meses.  

"As prisões foram efetuadas após recebimento de denúncias anônimas informando que algumas mulheres fariam a entrada de drogas na PCE, no período de visita e o serviço de inteligência interna da unidade investigou e obteve mais essas apreensões com a confirmação do Scanner Corporal. Todo resultado positivo é graças ao serviço interno, a guarda que também está bem atenta e as servidoras que ficam na ponta fazendo a revista. Tivemos ai mais uma operação positiva, conseguimos evitar que essas seis mulheres adentrassem a unidade com esses materiais ilícitos”, pontua Revétrio.

A Presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), Jacira Maria da Costa, frisa que o trabalho de coibir a entrada de ilícito tem sido realizado e intensificado em  todas as  unidades penal de Mato Grosso, em especial na PCE , onde  o foco é maior. “Os servidores penitenciários estão de parabéns pelos excelentes resultados apresentados, mesmo diante da falta de efetivo, tem respondido e na maioria das vezes superado as expectativas”, finalizou Jacira.

Galeria de fotos:

Galeria de Fotos
Comentários









COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.