Imprensa
Quarta-feira, 08 de Maio de 2019, 12h:29

H1N1

Servidores da saúde garantem 100% dos detentos e servidores do sistema penitenciário de Mato Grosso prevenidos contra gripe H1N1

Só em Cuiabá, até a próxima sexta-feira, 10 de maio, estima-se a aplicação, de 5,1 mil doses de vacina, sendo 4,4 mil doses destinadas à população privada de liberdade e 700 direcionadas a servidores.

Assessoria de Imprensa Sindspen/MT
imprensasindspenmt@gmail.com

Assessoria

Os profissionais de saúde do sistema penitenciário do Estado de Mato Grosso  já estão a todo vapor cumprindo mais uma missão  dentro das unidades penais do Estado. A campanha de vacinação contra a gripe H1N1 é uma determinação do Ministério de saúde e a Diretoria de Saúde do Sistema Penitenciário iniciou a campanha nas unidades prisionais de Cuiabá no dia 30 de abril. Nacionalmente, a iniciativa começou no dia 15 de abril, com previsão de encerramento em 31 de maio.

 


 

Pelo menos duas unidades de Cuiabá, Penitenciária Central (PCE) e Centro de ressocialização de Cuiabá (CRC) devem terminar concluir com sucesso mais essa etapa até a próxima sexta-feira (10). Conforme a enfermeira da PCE, Luciana portes de Almeida , os privados de liberdade e servidores do sistema penitenciário foram eleitos como grupos de risco pelo Ministério da Saúde devido à vulnerabilidade à doença, uma vez que pessoas que vivem em ambientes aglomerados estão expostas ao maior risco de contrair a infecção e por vão ser imunizados. “Ainda aqui na PCE , além da H1N1, os servidores foram imunizados contra a Permetrina e Invermecitina, medicamentos que combatem a escabiose, para combater o aumento de caso que teve recentemente na unidade, tanto para os recuperandos quanto para os servidores. 100% dos servidores já receberam e quase todos os detentos já foram imunizados, devendo chegar a sua totalidade amanhã”, disse Luciana.

As doses ofertadas pela rede pública de saúde são trivalentes, ou seja, protegem contra três subtipos do vírus influenza. Em 2019, a vacina protegerá contra os vírus H1N1, o H3N2 e o influenza do tipo B Victória.

Outra unidade que está em campanha é o Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), onde conforme os dados da equipe de imunização, a campanha se encerra hoje com 100% dos servidores e reeducandos humanizados. As doses foram aplicadas pelas técnicas de enfermagem que trabalham nas unidades penais. 

Assessoria Sindspen-MT

Imunização

 Imunização no CRC

“Essa campanha de vacinação fortalece as ações de saúde voltadas ao sistema prisional e prioriza a nossa preocupação com os custodiados e os servidores penitenciários que convivem em encarceramento coletivo, evitando assim danos maiores a todos, servidores e apenados. Parabenizamos aos nossos profissionais por mais essa tarefa que esta sendo concluída com sucesso, aos Pns e aos Assistentes que juntos realizam um belo trabalho nas unidades”, finalizou a Presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (Sindspen-MT), Jacira Maria da Costa.    

Galeria de fotos:

Galeria de Fotos
Comentários









COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.