Cuiabá, 23 de Junho de 2018
Sindspen-MT

Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso

}

Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2016, 18h:24

Tamanho do texto A - A+

Governador Pedro Taques participa de reunião com o Fórum Sindical

Salario de janeiro fica garantido na conta dos servidores dia 30

 

Os Diretores de sindicatos e associações de varias categorias que compõe o Fórum Sindical estiveram na manhã de hoje (07.01), no Auditório Garcia Neto para tratarem de diversos assuntos.

 

Em busca de maiores esclarecimentos e confirmar a posição dos servidores, o Presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso (SINDSPEN-MT), João Batista também esteve presente.

Além dos representantes sindicais, estiveram presentes o Secretario de Gestão-Júlio Modesto, Secretario da Casa Civil- Paulo Taques, Secretario do Tesouro-Carlos Rocha e o Governador Pedro Taques que deu inicio a reunião, falando sobre a importância do Fórum Sindical nas negociações.

 

O governador Pedro Taques iniciou a sua fala garantindo que nenhuma medida foi tomada ainda. Frisou a importância da reunião, pois passou a conhecer ainda melhor o posicionamento das categorias e ainda reconheceu que todos os servidores públicos são importantes para o estado e que o objetivo da sua gestão não é quebrar regras ou direitos conquistados dos trabalhadores. Porem ressaltou que precisa da compreensão dos servidores para que possa enfrentar esse ano de gestão. O governador garantiu que vai cumprir todos os compromissos firmados inclusive do pagamento da diferença do RGA 2015 e que não vai tomar nenhuma decisão sem antes discutir com os representantes classistas. Porém, esclareceu sobre  a existência de um estudo para mudança tanto no calendário de pagamento do salario, quanto na quitação do 13º salário, que até então è pago no mês de aniversário do servidor. 

 

Uma das representantes da Secretaria de Planejamento Roberta Penna, falou sobre as dificuldades para fechar a folha de dezembro de 2015, disse que foi no ultimo minuto e que só foi possível graças a recuperação de 376 milhões da JBS, recurso esse recuperado pelo CIRA (Comitê Interdisciplinar de Recuperação de Ativos). Roberta ainda reiterou sobre o compromisso do governador em pagar em dia os servidores e ainda garantir que todos os direitos sejam preservados.

Todos os representantes sindicais tiveram a oportunidade de expor as aflições da categoria a qual representa, bem como também as principais necessidades de cada um.

 

Os sindicalistas lembraram que estas mudanças impactam na vida financeira do servidor público, e que é necessário que haja uma flexibilização por parte do Executivo na tomada de decisões, promovendo um debate e informando o servidor com tempo hábil para que possa se reorganizar.

 

O Secretario de Gestão- Júlio Modesto apresentou uma pesquisa realizada em vários Estados deixando claro que a situação de Mato Grosso é muito melhor do que de vários Estados, sendo que em alguns deles nem o 13º salário ainda foi quitado, outros ainda vão ser pagos em datas diferentes e em outros já esta firmado que em 2016 não terá o reajuste anual, informou ainda que todos esses dados estarão à disposição das lideranças para análise.

 

Veja o que ficou garantido na reunião de hoje:

- Salario do mês de janeiro esta garantido para o dia (30.01).

- 13º Salário dos aniversariantes de janeiro, na folha de janeiro.

- A diferença do RGA de 2015 será pago até o dia 10 de fevereiro, podendo ser antes, diferença essa de maio a outubro, vai estar na conta junto com a folha suplementar.

 

Ainda ficou marcado uma nova reunião para o dia 19.01, em horário ainda a decidir para apresentação de um novo estudo, quando ai sim poderá o governador tomar uma decisão a cerca do calendário de pagamento dos servidores e do 13º , ainda com relação ao pagamento do RGA de 2016, ainda dependerá da evolução da receita financeira do estado.

 

Batista na oportunidade disse que as lideranças sindicais são pessoas atualizadas e que também possuem conhecimento técnico na questão econômica e que pesquisam e sabem muito bem da situação econômica do Brasil e de Mato Grosso, porém a responsabilidade dos sindicatos é com o servidor e que não abre mão de estar junto do servidor nas suas decisões. “qualquer decisão, mesmo que seja necessária no ponto de vista financeiro, nada poderá ser feito sem que os mesmos concordem, ou antes, de ser discutido com eles. O Fórum Sindical não ira negociar nada com o governo antes de ter ouvido e discutido com os servidores”, falou ele.

 

Batista ainda disse ao governador que a única secretaria que atrasou o pagamento do 13º Salário foi a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH), pontuando que segundo a gestão fosse um problema técnico, mas que acabou gerando um constrangimento na confraternização da categoria já que todos os outros receberam no dia 18.12. O governador fez uma expressão de espanto, dando a entender que não sabia do ocorrido.  Ainda disse que não iria admitir tratamento diferenciado com os servidores da classe penitenciária em relação a outras secretarias.

 

Umas das cobranças feita por Batista a Taques é que a imprensa oficial do governo, diante de discursões tão importantes que diz respeito as categoria de servidores publico, emitisse notas oficiais, no sentido de evitar as distorções que ocorreram recentemente por parte dos veículos de comunicação a cerca dos assuntos elencados. “Todas as informações serão repassadas aos servidores, pois o intuito desse sindicato é trabalhar de forma clara e transparente, visando sempre atender e esclarecer aos nossos servidores sobre as duvidas e matérias veiculadas a imprensa”, disse, Batista. 

 

 

 

 

Permutas
Publicações
pdf-porte de armas.pdf
Data: 2016-08-22 08:57:01
Arquivo: pdf

pdf-sample (1).pdf
Data: 2015-08-15 16:06:46
Arquivo: pdf