Cuiabá, 23 de Julho de 2018
Sindspen-MT

Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado de Mato Grosso

}

Sexta-Feira, 13 de Abril de 2018, 21h:56

Tamanho do texto A - A+

Diretor de Subsede recebe prêmio "Os melhores do Ano" pela terceira vez consecutiva.

Na semana passada, dia 05/04, aconteceu em Cáceres a entrega das premiações Os Melhores do Ano, que reconhece os destaques em Cáceres e Região e mais uma vez o servidor do sistema penitenciário Luiz Carlos dos Passos Velozo, recebeu o prêmio de reconhecimento, como representante da subsede sindical do Sindspen e como servidor público. Ao ser questionado sobre o segredo para  ser reconhecido tantas vezes como "O melhor do Ano" o mesmo respondeu: “Não tem mistério para fazer um bom trabalho. Basta ter foco naquilo que o servidor público deve fazer, servir às pessoas. O trabalho penitenciário é uma importante ferramenta para a manutenção da segurança da população, então, temos que inovar, buscar parcerias. Com isso conseguimos obter ganhos para a sociedade como doações de equipamentos, cursos para os reeducandos entre outras. Ressocializar no Sistema Penitenciário parece impossível porque há pouco investimento, mas, damos o melhor de nós para cumprir com a nossa missão e tentar formar cidadãos melhores para a sociedade ou seja melhores do que entraram no sistema”, enfatiza Velozo, que já recebe o prêmio pela terceira vez.

Como dirigente sindical, Velozo diz que o trabalho é constante: “Sindicalista não pode dormir. Tem que estar na defesa da categoria o tempo todo, porque sempre haverá pressão para diminuir a importância do serviço público e do próprio servidor. Ameaças de terceirização são constantes, um prejuízo para a sociedade que buscamos incansavelmente evitar", afirmou Velozo.

Velozo conta que sempre foi um servidor que trabalha dentro e fora da unidade. Quando não está trabalhando dentro da unidade se dedica a desenvolver seu trabalho enquanto sindicalista e procura buscar parcerias. Além disso, Velozo é um entusiasta das parcerias com o Senai, Senar e EJA. Ele acredita que é preciso dar oportunidades para a mudança.

Permutas
Publicações
pdf-porte de armas.pdf
Data: 2016-08-22 08:57:01
Arquivo: pdf

pdf-sample (1).pdf
Data: 2015-08-15 16:06:46
Arquivo: pdf