Destaque/ Cliping
Segunda-feira, 13 de Abril de 2020, 11h:24

João Batista parabeniza policiais penais que evitaram fugas e rebeliões em MT

O deputado estadual João Batista (Pros), parabenizou a ação rápida de contenção, realizada pelos policiais penais nesta última semana, que evitaram um motim na Penitenciária Major Eldo de Sá (Mata Grande), em Rondonópolis e impediram uma fuga de aproximadamente 30 detentos da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

Na avaliação do parlamentar, os policiais penais em ambos os casos, agiram com profissionalismo e operacionalidade exemplar, mantendo a ordem e a disciplina das unidades prisionais do Estado.

“Gostaria de parabenizar os nossos amigos policiais penais que atuam nestas penitenciárias. Realizaram um excelente trabalho, foram ágeis, utilizaram seus conhecimentos técnicos e com táticas operacionais conseguiram conter a fuga na PCE e evitaram um motim na Mata Grande. Mesmo com toda falta de infraestrutura, superlotação e estrutura de trabalho inadequada, os profissionais demonstraram comprometimento com a profissão, prestando um serviço altamente eficaz em prol da Segurança Pública. Por isso, o sistema penitenciário de Mato Grosso é um dos mais controlados e organizados do Brasil”, enfatizou João Batista.

Entenda o caso

Na noite da última quarta-feira (08), uma fuga foi impedida por agentes do plantão e da inteligência do Grupo de Intervenção Rápida (GIR), na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. Os policiais penais informaram que os presos chegaram a serrar a grade do corredor do Raio 5B da penitenciária e tentaram fugir dos cubículos.

Entretanto, antes de chegarem ao portão da unidade, foram interceptados pelos agentes. Vale lembrar que o Raio 5 da penitenciária é destinado aos líderes da facção criminosa Comando Vermelho (CVMT).

Depois de serem interceptados, os reeducandos foram isolados em celas apropriadas e deverão responder Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD). Já as grades danificadas foram rapidamente consertadas. A tentativa de fuga será investigada pelos órgãos competentes.

No presídio da Mata Grande, em Rondonópolis (a 219 km ao Sul de Cuiabá), foi registrado um princípio de motim no início da tarde deste sábado (11), entre dois raios da unidade.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), o motivo da rebelião seria uma rixa entre os presos, que tentaram invadir uma cela onde estavam dois outros recuperandos. O desacerto com o grupo gerou conflito entre os demais componentes dos raios.

Contudo, os policiais penais agiram rápido e tiveram que usar de força gradativa para conter o motim. Na ação, um preso foi atingido por um disparo não letal, mas foi atendido e passa bem. Não houve registros de mais feridos.

Equipes do Serviço de Operações Especiais (SOE) se deslocaram de Cuiabá para Rondonópolis para reforçar a segurança da Mata Grande.

Comentários









COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.